Alimentação de bovinos nas primeiras chuvas: o que oferecer?

Entre as centenas de dúvidas que a Boi Saúde recebe mensalmente, um produtor nos questionou sobre qual a melhor alimentação para os bovinos nas primeiras chuvas. É uma época difícil para muitos produtores, pois o pasto ainda está seco e os brotos não estão maduros para o consumo. E então, o que oferecer para o gado neste período? Não se preocupe, amigo produtor, iremos te ajudar!

Uma das grandes dificuldades do produtor na criação de gado é a alimentação. O que é oferecido no cocho é responsável por 80% do sucesso de toda uma produtividade que atua com bovinos. Os demais 20% são o ambiente, manejo e o bem-estar animal. Além do período da seca, que é um dos mais difíceis, e a transição entre essas fases, realmente é complicada.

A alimentação de bovinos nas primeiras chuvas tem uma única salvação que está naquilo que você oferece no cocho. Além da ração, suplementos devem ser oferecidos. Pois não é só no período da seca que o gado precisa de um reforço. O organismo do animal precisa estar nutrido de dentro para fora o ano todo. Só assim, será possível manter um planejamento de engorda, de acordo com suas expectativas. Porém, alguns ingredientes misturados na ração podem auxiliar.

 

Alimentação para bovinos nas primeiras chuvas pode ser alavancada com suplementação, soja e cana.
Alimentação para bovinos nas primeiras chuvas pode ser alavancada com suplementação, soja e cana. – Foto: Iepec

Cana de açúcar e alimentação

 

Cana in natura: Se a cana será servida in natura é importante o produtor ter mão de obra diária e maquinário como trator. É imprescindível que o produtor tenha uma estrutura que não gere alto custo ao extrair essa cana e servi-la ao gado.

Bagaço de cana: O bagaço de cana in natura para os animais, seja gado de corte, seja gado de leite, tem baixo valor nutricional. Porém, é uma ótima alternativa. A cana é uma ótima fonte de fibras longas em dietas de alto concentrado. É preciso saber armazená-la e concentrá-la corretamente no cocho do animal para que se obtenha o efeito esperado.

Segundo a Fapesp, as fibras do bagaço da cana contêm, como principais componentes, cerca de 40% de celulose, 35% de hemicelulose e 15% de lignina, sendo este último responsável pelo seu poder calórico. Ainda, o bagaço é considerado o maior resíduo da agroindústria brasileira.

Sirva 30% no cocho, misturados ao concentrado. Se quiser, esse bagaço pode ser triturado. Essa dica é mais uma alternativa para a alimentação dos seus animais.

 

Soja e bovinos

 

Considerada um alimento não tradicional  para bovinos, a soja tem alta quantidade de gordura (20%) e proteína (40%).  Uma informação importante é não servir a soja para animais com menos de quatro meses de idade.

O grão de soja é uma ótima forma de alimento para vacas leiteiras. E como engorda para novilhos mestiços. Pesquisas indicam boa aceitação dos animais, sem prejuízos à saúde.

Já o farelo de soja é a fonte de proteína mais usada na pecuária brasileira, sendo utilizado unicamente nas rações. Quando seca, conhecida como resíduo de limpeza de soja, o grão passa a ter 20% de proteína bruta.

 

Mistura que pode ser utilizada para alimentação de bovinos nas primeiras chuvas: 

 

Voce ainda pode fazer uma mistura com os ingredientes citados acima:

  • 12kg de ureia;
  • 25kg de sal branco;
  • 10kg de sal mineral;
  • 40kg de farelo de soja;
  • 30kg de milho moído.

Poderá ser utilizado um misturador. Faça com que essa mistura fique bem homogênea com esses ingredientes. Sirva ao gado na proporção de 0,2% do peso do animal. Isso significa se seu animal pesa 500kg, você deverá servir 1kg do alimento por dia.

 

Suplementos

 

Sal proteinado: Esse tipo de sal aperfeiçoa o aproveitamento dos nutrientes, reduz o tempo para o abate e promove excelentes resultados na pecuária de leite e corte, além de evitar queda na produtividade e o uso é necessário.

Virginiamicina:  É um composto antimicrobiano que melhora a produtividade e desempenho do gado. Estudos indicam aumento de 15% do peso vivo ao mês. O composto é uma tecnologia que permite ao animal uma melhor performance dentro das condições oferecidas pelo produtor e com entrega de um bom resultado. Ainda, melhora a imunidade. Isso significa que proporciona proteção contra parasitas.

Sal Mineral: São compostos suplementares para complementar a alimentação e nutrição dos bovinos não encontradas na pastagem e ração. O papel principal é evitar a perda de peso e também manter o gado sadio a ponto de estimular e aumentar a quantidade de leite produzido. É uma mistura de cálcio, cloro, enxofre, fósforo, magnésio, potássio e sódio, cobalto, cobre, ferro, iodo, manganês, molibdênio, selênio, zinco. Todos elementos essenciais para proteger o gado de doenças e dar força no organismo.

Todos esses suplementos auxiliam na manutenção de peso, garantem a sanidade animal, protegendo e nutrindo-o de carrapatos, parasitas e bactérias.

Ainda não conhece a virginiamicina citada no texto? Clique na dica e conheça mais sobre o composto: Virginiamicina

 
Boi Saúde Logo Preto - Alimentação de bovinos nas primeiras chuvas: o que oferecer?

Total Corte Premium:
Suplemento vitamínico e mineral com virginiamicina!


2 pensou em “Alimentação de bovinos nas primeiras chuvas: o que oferecer?”

  1. Ademir carvalho disse:

    Otimas dicas gosto muito de poder ter acesso a todas estas dicas muito bom mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami