Tabapuã: zebu brasileiro ideal para confinamento

 

O nome se dá pelo local de nascimento dos primeiros bovinos da raça, na cidade de Tabapuã, em Minas Gerais. Os animais são fruto do cruzamento entre o gado mocho e Guzerá e Nelore, conhecidos como raças zebuínas. Tem alto índice de fertilidade e boa adaptabilidade para confinamento. Ainda, apresenta bons resultados no clima da região Sul do Brasil. Além disso, é considerado o terceiro neozebuíno a ser formado no mundo, atrás apenas do Brahman e do Indubrasil.

Vamos saber mais sobre a raça considerada o zebu brasileiro?

 

Características físicas do Tabapuã

  • São mochos, o que dispensa a necessidade da descorna;
  • Tem cor da pelagem branca acinzentada. Os pelos são finos, curtos e macios;
  • Grande porte.

 

Tabapuã tem boa produção de leite e carne com qualidade excelente.
Tabapuã tem boa produção de leite e carne com qualidade excelente.

Características genéticas

  • Tem a reprodução sendo uma das principais características da Tabapuã. Os índices de fertilidade das fêmeas são: 25% – entre os 14 e 16 meses; 50%, entre os 16 e 18 meses, 50% e mais de 60% entre 18 e 20 meses;
  •  É considerada uma boa raça para gado de leite;
  • Ótima aceitação em regimes de confinamento;
  • A fase de abate é atingida em 30 meses;
  • Tem boa adaptabilidade na região Sul. Atualmente, há experiência de cruzamento com gado europeu pelos fatores genéticos atribuídos à raça;
  • Produz carne de boa qualidade;
  • Temperamento manso, o que facilita o manejo.

 

Quer saber mais sobre as raças produzidas no Brasil? Acesse: Raça Brahman: ótimo investimento para gado de corte.

 

Raças de Corte:
Conheça as mais populares no Brasil e suas características!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami