Sincronização de cio em vacas

A sincronização do cio em vacas pode agregar mais facilidade de manejo e também um melhor planejamento de vendas. Mas será que é difícil manter o ciclo em todas as matrizes ao mesmo tempo? O assunto pode parecer complexo. A Boi Saúde vai te explicar a forma de adequar a reprodução da sua propriedade.

Para que você absorva o conhecimento ao máximo, vamos começar explicando sobre o sistema de regulação hormonal das vacas. Nisso, as novilhas, vacas paridas e as vacas vazias têm suas próprias regulações.

Como é possível uma vaca gerar um bezerro ao ano, quando todos os animais nascem no mesmo período, facilita o manejo, nas fases pré e pós parto. Além dos cuidados direcionados aos bezerros serem dispensados a um lote de animais ao mesmo tempo. Durante o parto, as matrizes precisam de cuidados especiais. Preparamos uma dica sobre o tema: Cuidados e precauções no parto de vacas.

 

Sincronização de cio em vacas

 

A sincronização de cio em vacas é feita de duas formas: uso de hormônios e inseminação artificial em tempo fixo (IATF). Esse último método tem custo mais elevado, pois exige profissionais especializados e materiais próprios para a realização.

Hormônios utilizados para a sincronização do cio: progesterona, benzoato de estradiol, protaglandina, Ecg, GnRh. A Boi Saúde alerta a importância da consultoria de um médico veterinário da sua confiança para administração desses hormônios e planejamento correto da sincronização.

 

cio em vacas
Sincronização do cio em vacas auxilia a produtividade. – Foto: João Medeiros.

Nutrição durante a vida reprodutiva 

 

Manter a matriz bem nutrida durante todas as fases da vida garante uma fertilidade esperada. Como uma vaca pode gerar uma nova vida se não consome nutrientes necessárias para a formação de um novo animal, ou até mesmo manter os ciclos reprodutivos a todo vapor?

Por isso, a suplementação das matrizes merece atenção especial, principalmente, quando há deficiência de fósforo, cálcio e ferro nos alimentos e pasto fornecidos. E para suprir essa necessidade, nada mais fácil, do que oferecer essa nutrição no cocho, de forma garantida.

Se sua propriedade está com problemas de reprodução, orientamos a dica: Principal motivo de uma vaca não emprenhar. 

 

Referência:

PEREIRA, Viviana Cabral. Inseminação artificial e sincronização de cio em bovinos. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2009.

 
Boi Saúde Logo Preto - Sincronização de cio em vacas

Ração para Vaca de Cria:
Receita para recuperar o escore corporal!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami