Raças zebuinas leiteiras

As raças zebuinas leiteiras são tão importantes para a nossa produção nacional que merecem uma dica só para elas. O Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo, de acordo com a Embrapa Gado de Leite. São 25 milhões são fêmeas produtoras de leite. E para que você potencialize sua produção, vamos indicar algumas raças leiteiras adaptadas ao nosso clima.

Afinal, o que é uma raça zebuina? São as mais utilizadas na produção da pecuária brasileira devido a boa adaptabilidade ao clima tropical. Tem origem na Índia, onde há altas temperaturas, assim como o Brasil.

 

Raças zebuinas leiteiras

 

Gir – A produção média de leite é de 777 kg em torno de 286 dias. Segundo a Associação de Criadores Gaúchos de Zebu, o Gir Leiteiro reduz os custos nos aspectos de alimentação, medicamentos, assistência veterinária e mão de obra exigida para condução e cuidados com os animais do rebanho. Entre as características, estão: rusticidade, longevidade produtiva e reprodutiva, docilidade, baixo custo de manutenção, facilidade de parto, produção de leite a pasto (excelente conversão alimentar), e versatilidade nos cruzamentos.

 

Raças zebuinas leiteiras
Gir está entre as raças zebuinas leiteiras. – Foto: ACGZ

Guzerá – Segundo a ACGB – Associação dos Criadores de Guzerá e Guzolando Brasil, a principal característica da raça é a rusticidade. A produção média de leite em 270 dias é de 2.071 kg. É considerada fértil e também dupla aptidão. 

 

Sindi – Considerada uma ótima raça para a produção de leite. A produção média é de 2.266 kg em torno de 250 dias. Os bovinos da raça Sindi são pequenos e belos animais de pelagem vermelha.

Para saber mais sobre nutrição do gado leiteiro, acesse a dica: Suplemento para gado leiteiro aumenta a produtividade.

 
Boi Saúde Logo Preto - Raças zebuinas leiteiras

Total Leite Premium:
Suplemento completo para gado de leite!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo