O que é manejo de pastagem: como aproveitar melhor?

A estratégia de vedar uma parte da pastagem no período das águas e servir para os animais na seca é muito válida. Porém, é importante ter atenção no procedimento para que os nutrientes não sejam perdidos nesse manejo de pastagem. Seguir algumas dicas evita a degradação de pastagem.

 

 

O indicado é vedar uma parte da pastagem em abril para os animais consumirem entre junho e julho. Como todo pecuarista sabe, são os meses que mais sofremos com a estiagem. No momento de vedar a pastagem, deixe o animal consumir até o limite mínimo da espécie de forrageira do seu pasto. Assim, é possível uma recuperação saudável, com uma rebrota de folhas. Os animais tem facilidade no consumo dessas folhas que têm um bom valor nutricional.

 

Dicas de manejo de pastagem para evitar a degradação

 

Para o aproveitamento da pastagem, o segredo é um bom manejo que deve ser feito o ano todo. Assim, além de pragas e insetos, também é possível evitar o consumo de ramos secos que não tem nenhum valor nutricional.

Outra ação muito importante é não lotar os piquetes. Manter um número ideal, nem superior, nem inferior, garante uma boa recuperação. Geralmente, 100 animais por lote é o adequado. Todos usufruem da pastagem com bom índice nutricional, sem competição e garantem uma rebrota com qualidade.

 

Degradação do solo 

 

A manutenção constante do pasto impede a degradação do solo. Medidas como controlar as pragas (cigarrinhas, cupins, presença de moscas e larvas), além de não promover o acúmulo de lixo contribuem para um pasto saudável.

Caso a propriedade fique próxima a riachos e lagos, estude a opção de irrigar a pastagem. É uma alternativa que garante pasto até na seca.

Outra demanda que pode salvar propriedades é o adubo. O pasto precisa de um reforço para sempre estar saudável e crescer de acordo com a expectativa, mas para isso, é necessária uma forcinha extra e o adubo cumpre muito bem esse papel.

Se sua pastagem for muito antiga, a troca é recomendada a cada 20 anos. Com isso, você pode escolher uma forrageira adequada de acordo com o clima e solo da sua região.

 

Manejo de pastagem: como aproveitar melhor?
Manejo de pastagem: como aproveitar melhor? – Foto: Pixabay.

Outras alternativas 

 

Não deixe que o gado consuma 100% do pasto. Como já citado acima, para ter um novo crescimento, cada espécie precisa de uma margem de raiz para crescer de forma saudável e nutritiva. Ficar atento ao consumo pode auxiliar com essa prevenção. Geralmente, o consumo até 40 cm é o ideal.

Mesmo o pasto sendo a fonte primária da engorda e alimentação do gado no Brasil e com alternativas como a vedação do pasto, um dos aliados do produtor não pode faltar no cocho: o sal. Oferecer sal mineral, sal proteinado e complementando com a virginiamicina, sua propriedade estará segura contra os danos da seca e terá uma alta produtividade.

Não esqueça também que as condições do cocho, como tamanho ideal e manutenção são primordiais para o sucesso da sua pecuária. Para potencializar o consumo, confira a dica: Manutenção do cocho evita desperdícios.

 
banner banner
 

2 pensou em “O que é manejo de pastagem: como aproveitar melhor?”

  1. José Carlos Miranda disse:

    Bom dia,
    José Carlos .
    Excelente orientações sobre pastagem e parabéns pelo seus vídeos.
    Att.,
    José Carlos

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá José Carlos, obrigado pelo elogio, continue nos acompanhando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Black Week