Higiene na ordenha: o que fazer antes, durante e depois

Manter a higiene na ordenha é uma regra na pecuária leiteira. Mais que garantir um produto de qualidade, ter uma ambiente limpo e administrado com utensílios adequados, proporciona segurança aos consumidores do leite. Nesta dica, vamos te orientar como manter uma higiene adequada para garantir uma produção de alta qualidade e deixar a mastite longe das vacas.

 

Antes da ordenha 

 

  • Os utensílios devem ser lavados com cloro antes e depois do uso;
  • Lavar bem as mãos com água corrente e sabão neutro antes de manusear os utensílios;
  • Amarre a causa das vacas para que não espalhe sujeira durante a retirada do leite;
  • Os tetos devem ser lavados com água limpa. Apenas o tetos. O úbere deve ser mantido seco;
  • Após a lavagem, os tetos devem ser desinfetados. Você pode utilizar três diferentes tipos de solução: iodo a 0,3% ou hipoclorito de sódio a 2% ou clorexidina a 0,3%. Não importa a solução que utilizar, todas devem agir por 30 segundos sob os tetos antes de serem secos;
  • Os tetos devem ser secos com papel toalha descartável.

 

Durante a ordenha 

 

  • Os profissionais devem usar aventais limpos;
  • Os bezerros podem acompanhar a ordenha. Caso ainda esteja em fase de desmame, podem mamar logo após a ordenha.

 

Após a ordenha 

 

  • Os tetos também devem ser lavados após a ordenha. Para desinfetá-los, utilize uma das soluções: iodo a 0,5% ou gluconato de clorexidina a 0,5% ou hipoclorito a 3%.
  • Todas as vezes que a ordenha for terminada, alimente seus animais. Isso faz com que o gado permaneça em pé. O contato do teto com o solo logo depois da ordenha facilita a contaminação. E durante essa alimentação em pé proporciona o fechamento natural do orifício, bloqueando a mastite.

 

Higiene na ordenha
Higiene na ordenha garante boa qualidade do leite e previne mastite. – Foto: Fazenda Santa Nice.

Curral

 

O espaço precisa sempre estar limpo. Lama, fezes, lixo, poças de água não devem fazer parte do local. Evitar a presença de insetos deve ser uma tarefa constante do produtor e demais colaboradores da propriedade.

Se ainda há produção de queijos e demais derivados, a atenção precisa ser maior. Moscas são transmissoras de diversas doenças e podem contaminar o produto. Deixá-las longe do local é a melhor prevenção que o dono ou responsável do negócio deve fazer.

Uma informação muito importante é não deixar o trânsito livre de animais de outras espécies no local. Nem mesmo os domésticos. O espaço deve ser exclusivo para a ordenha e, dessa forma, garantir uma higiene adequada.

 

Higiene na ordenha previne a mastite 

 

Um dos principais reflexos da má higiene da ordenha é a mastite. A doença causa dor e desconforto nas vacas. E como sempre focamos no bem-estar animal, é preciso evitá-la ao máximo. Se você está passando por essa situação, adquira conhecimento sobre essa inflamação e principalmente, como evitá-la e tratá-la: Mastite em vacas: o que é, como tratar e prevenir. 

Referência:
Higiene na ordenha manual. Embrapa Gado de Leite. Embrapa Agropecuária Oeste, 2008.

 
Boi Saúde Logo Preto - Higiene na ordenha: o que fazer antes, durante e depois

Ração para Vaca de Cria:
Receita para recuperar o escore corporal!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami