fbpx

Feno em pé para uso no período da seca

Essa dica é direcionada ao produtor para enfrentar o período da seca com a técnica do feno em pé.

 

 

As pastagens no período de seca merecem uma atenção especial devido ao déficit nutricional causado pela ausência de chuvas. A grande reclamação do produtor rural no Brasil é a perda de todo o peso ganho na época das águas, pela escassez dos nutrientes. Muitos não se preparam para enfrentar o período da seca e o animal fica sem pastagem. Fato que aumenta muito os custos do produtor. O gado precisa ser alimentado no cocho com ração, sal mineral e proteinado como complementos nutricionais.

 

Planejamento para o período da seca com feno em pé

 

Divida sua propriedade em duas partes, 50% do pasto será fechado e vedado para ser usado somente no período da seca. Feito de maneira correta, a propriedade terá um pasto com alto teor nutricional e em grande quantidade.

Esses 50% vedados serão divididos em três partes:

  • Uma será fechada no mês de fevereiro, por volta do dia 15 e será reaberta somente no mês de maio. Essa pastagem, em maio, estará com bom volume e um ótimo valor nutricional;
  • As outras duas pastagens serão vedadas no mês de março para reabri-la em julho. Esses 2/3 serão trabalhados até o fim da seca.

 

Técnica do feno em pé garante boa nutrição na seca
Técnica do feno em pé garante boa nutrição na seca. – Foto: Reprodução Internet

Antes da vedação, o pasto precisa ter no máximo 15 cm e passar por adubação. Os capins indicados para esse processo são: braquiária decumbens, gramas estrela, marandu, piatã e tiftons.

Essa ação é uma boa garantia para evitar a perda de peso do rebanho. O valor nutricional desse pasto não é o mesmo da seca, mas poderá ser complementado com sal mineral e proteinado. A principal vantagem é a redução de custo.

Essa técnica é chamada de feno em pé feita com planejamento, garante boa lucratividade nos seus negócios. Para se ter um bom resultado, o solo deve estar saudável, sem indícios de pragas como percevejos e cigarras.

Para complementar a dica e garantir uma nutrição ideal para seu plantel, acesse: O que servir na seca para o gado

 

Cuidados com feno em pé

 

Agora que você já aprendeu como fazer um planejamento com feno em pé para o período da seca, saiba que existe outro ponto fundamental que merece sua atenção. Estamos falando sobre o cuidado para que a plantação de feno não seja invadida por ervas daninhas.

E os motivos para acabar com as ervas daninhas são bem simples. Afinal, elas roubam os nutrientes que seriam destinados ao gado e deixam o solo pobre e sem vida.

Aqui no blog temos uma dica completa sobre como acabar com essa praga. Leia: Como acabar com as ervas daninhas

Confira mais conteúdos que podem ser do seu interesse e tenha mais sucesso na sua produtividade:

Posso dar feno para bezerros?;
O que são plantas forrageiras e o impacto na pecuária

Não pare seus conhecimentos por aqui, amigo produtor! Além do blog, a Boi Saúde tem um canal de vídeos no YouTube. Por isso, te convidamos para dar uma passadinha por lá. Todos os vídeos que você encontrará no canal são totalmente gratuitos! Acesse:  Boi Saúde no YouTube.

Nos vemos na próxima dica.

 
banner banner
 

2 pensou em “Feno em pé para uso no período da seca”

  1. Boa tarde! Qual a quantidade de resíduos de algodão que posso fornecer por animal dia?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Bruno, obrigado pela pergunta, sugiro que envie um e-mail para “contato@boisaude.com.br” para que possa obter uma resposta completa! Continue nos acompanhando, abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×