Depreciação da propriedade rural

Gostou? Compartilhe!

Inclua a depreciação da propriedade rural na contabilidade dos negócios e como organizar uma propriedade rural. Nesta dica, vamos te ensinar como fazer e a importância.

 

 

Entre todos os tópicos que devem ser incluídos na contabilidade da propriedade, está a depreciação. Ainda não sabe o que é depreciação? É quando o produtor precisa reformar ou readquirir algum bem ou alguma instalação dentro da propriedade.

 

Como organizar uma propriedade rural: depreciação na contabilidade
Como organizar uma propriedade rural: depreciação na contabilidade – Foto: Reprodução Internet

Depreciação da propriedade rural

 

Um exemplo: quando o produtor adquiri um trator ao custo de R$ 100 mil, em 20 anos, esse veículo irá perder o valor em 80%.

Ou seja, se dividir esses R$ 80 mil (que correspondem aos 80%) por 20 anos, a depreciação será de R$ 300 reais por mês. Se o produtor não inserir esse dado na contabilidade, estará em prejuízo e irá diminuir os lucros da produtividade pecuária.

 

O que pode ser incluído na depreciação

 

  • Considere reformar os currais, trocar a ordenhadeira, maquinário, fazer benfeitorias a cada 10 anos;
  • Em caso de instalações elétricas e hidráulicas, inclua na depreciação a cada cinco anos;

Muitas vezes, o produtor rural tem o foco direcionado na produção, acompanhando diariamente todo o manejo. Os pequenos e médios que não têm funcionários ou vaqueiros acumulam funções, desde administrativas até o trato dos animais.

Porém, é preciso ficar atento em todas as necessidades e tópicos que podem evitar algum tipo de prejuízo e até mesmo atrapalhar suas metas de lucro. A falta de informação da depreciação pode ser um desses motivos.

Converse com seu contador, pesquise mais sobre o assunto. Estar por dentro das finanças também é fundamental para se obter o sucesso.

A tarefa no campo é árdua e estar concentrado em diversas atividades é um desafio constante. Uma dica é fazer um planejamento de tudo o que será feito na semana ou no dia em um papel.

Ao fim do dia, risque todas as tarefas feitas e as pendentes passe para o dia seguinte. É uma forma de se organizar e não deixar nada de fora.

 

Mantenha as finanças em dia 

 

Tudo o que entra e o que sai do fluxo de caixa da sua propriedade precisa ser contabilizado.

Tenha uma organização financeira e administrativa. Dessa forma, você saberá se o negócio está dando lucro ou prejuízo.

Para não deixar nada para depois, faça no momento da compra. Saiu para comprar vacinas? Na chegada, depois de armazená-las, vá para o caderno ou planilha do computador. Atualize com os gastos. Vai contratar peões para te ajudar fechar o gado e na aplicação? Insira o pagamento ali também.

No fim do mês, separe um tempo para estudar quais são os gastos mais impactos e quanto você lucrou. Faça a conta entre despesas, receita e lucro. Quem sabe, você pode ampliar mais os investimentos ou até mesmo recorrer a um crédito rural?

Isso, você só terá noção, quando a vida financeira da sua pecuária estiver em dia. Adquira um modelo aqui, grátis: Como preencher uma planilha de controle de gado?

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Além do blog, dicas em formato de vídeo estão te esperando em nosso canal. Clique: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

2 pensou em “Depreciação da propriedade rural”

  1. Cursos Online disse:

    Olá aqui é a Vanessa Silva, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Vanessa, obrigado pelo comentário, continue nos acompanhando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*