Como calcular sal mineral para gado?

Gostou? Compartilhe!

Utilizar suplementos na pecuária tem várias vantagens. Entre elas, manter o gado bem nutrido e evitar a perda de peso na seca e também nas águas. Para que seus resultados sejam garantidos, nesta dica vamos te ensinar como calcular sal mineral para gado.

Bom, antes de explicar sobre o cálculo e dosagem indicadas, saiba o que é esse sal mineral que tanto é falado na pecuária.

 

 

O sal mineral é composto por, como já diz o nome, minerais. O uso na pecuária é importante, pois repõem nutrientes não encontrados no pasto.

Por mais que sua forrageira seja de qualidade e o pasto bem manejado, alguns minerais são oferecidos com doses insuficientes para o gado.

O ideal é saber quais são os que estão em grande quantidade e quais são os que faltam. Para isso, uma análise de solo cai muito bem.

A partir do resultado, você poderá preparar um sal mineral de acordo com as necessidades do seu rebanho.

 

Como calcular sal mineral para gado?

 

O oferecimento de sal mineral para gado é muito simples. Em primeiro lugar, porque basta oferecer diretamente no cocho. Em segundo lugar, é um produto encontrado facilmente no mercado.

Sobre a dosagem, o oferecimento é por cabeça.

O consumo ideal é que seja entre 60 e 90 gramas por animal ao dia. Se quiser um número mais preciso, as gramas da mistura seca precisam corresponder a 2% do peso vivo do animal.

Outra sugestão sobre como calcular sal mineral para cada é a dosagem a cada 100 quilos. Sendo assim, ofereça entre 20 e 30 gramas a cada 100 quilos de peso vivo.

Por exemplo, um boi de 450 quilos, tem a dosagem ideal entre 90 e 135 g por dia.

Uma informação muito importante, amigo produtor: sempre consulte as orientações do fabricante do sal mineral que você adquirir.

Nas embalagens, a maneira correta de oferecimento, além da dosagem por animal, precisa ser respeitada. Dessa forma, o seu resultado será positivo e o investimento com o retorno esperado.

 

como calcular sal mineral
Como calcular sal mineral para gado? – Foto: Agro Forte

Dificuldade no consumo 

 

Ao iniciar o oferecimento, o rebanho pode estranhar o sal mineral. Afinal, não basta saber como calcular o sal mineral para gado e os animais o rejeitarem, concorda?

Portanto, nos primeiros dias, observe o consumo. Caso o cocho continue cheio ou com a quantidade oferecida, faça uma mistura com simples ingredientes.

Fubá e melaço de cana são boas opções. Deixam o sal mais palatável e por consequência o gado passa a consumir.

Na mistura, vá retirando o fubá ou o melaço aos poucos, até os bovinos se acostumarem com o sal mineral puro.

Além do sal mineral, que é ótimo para ser oferecido nas águas, não esqueça do sal proteinado. Como na seca há grande deficiência de proteínas, é uma oportunidade de manter a engorda e saúde nessa época de falta de pasto.

Prepare na sua propriedade: Como fazer sal proteinado para o gado: a receita.

Por fim, para mais dicas sobre produtividade na pecuária, acesse nosso canal: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência

Qual é o consumo diário de sal mineral de um bovino adulto? Perguntas frequentes Gado de Corte. Embrapa.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*