Água para bovinos: dicas para alavancar a produtividade

 

A água é elemento fundamental para todos os seres vivos. E claro que a água para bovinos também é essencial para a vida e saúde desses animais. Muitos produtores esquecem de avaliar constantemente a qualidade dessa água, que é tão importante e impactante na pecuária. Pois, bovino desidratado não tem o desenvolvimento esperado.

Quer saber como efetivar sua propriedade proporcionando de maneira simples, barata e eficiente, a água para bovinos? Fique com a gente e confira todas as nossas orientações sobre o assunto!

 

Quantidade ideal de água para bovinos

Qual a quantidade ideal de água que os bovinos precisam beber por dia? Um animal adulto tem que consumir em torno de 45 litros de água por dia ou o gado de corte tem que consumir três litros de água para cada quilo de matéria seca consumida. Essa medida varia de acordo com o clima, umidade, variações da região onde está localizado. Já a quantidade ideal que um bovino de leite deve ingerir por dia é de quatro litros de água para cada um litro de leite produzido.

E os bezerros? Já os bezerros e animais jovens precisam consumir uma quantidade maior. Cada um deve consumir seis litros de água para cada quilo de matéria seca ingerida, o que evita a desidratação. Inclusive, caso tenha esse problema na sua propriedade, entenda como resolvê-lo: Como tratar desidratação dos bezerros.

 

Qualidade da água

A qualidade da água para bovinos impacta diretamente a saúde deles? A qualidade da água oferecida aos animais precisa ser constantemente analisada pelo produtor. Mais que oferecer um sal mineral de qualidade, uma boa pastagem, praticar o manejo correto, se o gado não tiver uma água limpa, não haverá bom desempenho. Como o Brasil é um país rico em recursos hídricos, muitas propriedades possuem lençóis freáticos, córregos e até lagos. Mas nem sempre a qualidade dessa água é boa para consumo não só humano, mas para os animais.

É possível saber se a água está adequada para o consumo? A análise da água pode ser feita por meio do próprio consumo dos animais. Se o bovino a suga em grandes goles, o líquido está adequado. Mas se ele lambe a água, pode ter alguma corrente elétrica. Fique atento para não machucar seu rebanho.

Um parâmetro de limpeza na propriedade será percebido. A água servida aos animais deve ter a mesma qualidade da servida aos humanos. Fornecer alimentação de qualidade é trabalhar de acordo com o bem-estar animal.

 

Água para bovinos é essencial para manter a produtividade dos negócios em dia.
Água para bovinos é essencial para manter a produtividade dos negócios em dia.

Mantenha a água limpa

Como posso manter a água limpa para os animais? Dilua 250 ml de água sanitária em quatro mil litros de água. Essa mistura poderá sem oferecida aos animais, pois deixará a água límpida, sem impurezas. As bactérias serão eliminadas e a saúde do bovino não será afetada.

Além disso, coloque blocos de feno na frente do cocho de bebedouro. Os animais ainda terão acesso ao local, porém ao se virarem, vão evitar que urinem ou defequem. Essa atitude irá evitar que a água seja contaminada com esses dejetos e cause doenças como infecções e diarreias.

A água sanitária pode ser diluída no bebedouro? Sim. Coloque 20 ml ou meio copo de água sanitária a cada 20 litros de água. Esse componente irá manter a água limpa, além disso, evitará a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outros vírus. Outra alternativa é a pastilha de cloro de liberação lenta podem ser inseridas dentro do bebedouro. Elas manterão a qualidade da água em ótimas condições de consumo.

Os bebedouros devem ser limpos com qual frequência e de que forma? Limpe os bebedouros da sua propriedade duas vezes por semana, no mínimo. Um bom planejamento é fazer essa tarefa em dias fixos, por exemplo, toda terça e sexta ou toda segunda e quinta.  Esses dias ficam estabelecidos como dia de limpeza dos bebedouros.

 

Temperatura da água para bovinos

Nas regiões muito frias, como o Sul do país, o ideal é servir água morna. Já em estados muito quentes, como Norte e Nordeste, a água fria auxilia no esfriamento do organismo do animal, proporcionando bem-estar. Pois ajuda a combater o estresse térmico. Essa inversão de temperatura ambiente versus temperatura da água só traz vantagens para a produção. Contudo, em lugares que tem estações mais definidas como Sudeste, utilizar água morna no inverno e fria no verão é uma boa adequação.

 

Tamanho certo para o bebedouro

Qual o tamanho certo do bebedouro, de acordo com o número de animais? O produtor, no momento de compra ou construção, precisa levar em conta 4 centímetros lineares por animal. Se na propriedade há 100 animais, o bebedouro deve ter quatro metros, independentemente do formato. Entretanto, esse pode ser redondo, oval, quadrados. Outra dica importante é manter um reservatório com capacidade para acumular, no mínimo, quantidade suficiente para três dias. Assim, caso aconteça alguma seca repentina ou algum problema de abastecimento de água local, os animais não serão prejudicados.

 

Água salobra para bovinos

O concentrado de alto consumo pode ser composto por farelo de milho, farelo de soja ou caroço de algodão. Todos esses itens são concentrados bem consumidos pelos animais e de boa absorvição pelo rumem.

Uma outra questão é sempre que possível oferecer água doce ao gado em outro cocho, antes do animal consumir o concentrado. Assim não irá limitar tanto a absorção.

 

Quer saber complementar e conferir como economizar ainda mais na sua propriedade? Acesse a dica: Economize até 30% de água na pecuária.
 


Livro Digital no seu E-mail!
Conheça: Os 10 Princípios do Produtor de Sucesso.


Um pensamento em “Água para bovinos: dicas para alavancar a produtividade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami