Demanda lenta, mas preços do boi gordo firmes

Na maioria das praças pecuárias a cotação do boi gordo ficou estável na última quinta-feira (21/3).

O quadro é de equilíbrio entre a oferta e a procura. A disponibilidade de gado terminado não está abundante. E com isso, a demanda está fraca.

Em São Paulo, por exemplo, as cotações ficaram estáveis na comparação dia a dia e as programações de abate de grande parte das indústrias atendem, em média, quatro dias.

 

Demanda lenta, mas preços do boi gordo firmes
Demanda lenta, mas preços do boi gordo firmes. – Foto: Scot Consultoria

Contudo, existem compradores com maior demanda em função da exportação, por exemplo. Nestes casos, quando as ofertas de compra aumentam, as escalas evoluem, o que indica que há gado retido em engorda.

As pastagens estão boas e as chuvas regulares têm dado respaldo para o pecuarista negociar o boi gordo com mais firmeza

Destaque para a cotação da arroba da novilha em São Paulo, que subiu R$1,00 em relação ao fechamento do dia 20/3. O preço ficou em R$144,00/@, à vista, livre de Funrural.

 

Fonte: Scot Consultoria

Data de Publicação: 22/03/2019

 
Boi Saúde Logo Preto - Demanda lenta, mas preços do boi gordo firmes

Sal Proteinado:
Receba grátis uma receita de sal proteinado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami