Bem-estar animal: conceito deve estar presente na pecuária


Dica de como melhorar os resultados com o bem-estar animal.

A preocupação e o zelo com o bem-estar animal devem ser feitos diariamente na propriedade. Ações muito comuns no dia a dia do produtor são realizadas sem a consciência de proporcionar algum tipo de dano na saúde física e emocional dos bovinos e outros animais da área.  O conceito precisa estar presente na vida do bovino desde o nascimento até o abate. Ele não pode ter medo de seus criadores e tratadores. Essa relação precisa ser baseada no respeito e confiança.

Bem-estar animal é uma das prioridades da pecuária
Bem-estar animal é uma das prioridades da pecuária

Usar choques, espetos e produtos tóxicos são prejudiciais à saúde bovina. Utilizar produtos que aliviam o estresse e facilitam o manejo é um das diversas formas de manter o animal em estado sadio. Sempre use também produtos naturais que não deixam rastros no organismo do bovino que o está consumindo. Muitas vezes o acúmulo de produtos tóxicos proporcionam sofrimento e sérios danos na saúde. Além disso, o hormônio do estresse, a ocitocina, quando liberado, prejudica o funcionamento e crescimento ideal e esperado pelo produtor.

Bem-estar animal na propriedade

Esse conceito também deve ser estendido aos funcionários. Assim como os todos que lidam com o gado e estão ligados diretamente na produção.  Os profissionais e familiares devem ser tratados com respeito e atenção para viverem em harmonia que será refletida na qualidade do produto que é oferecido, seja carne, seja leite.

Vamos fazer uma corrente do bem e disseminar o bem estar entre os animais e na propriedade com todos os nossos vizinhos e amigos produtores. Juntos somos mais fortes! Viver em harmonia no ambiente em que se vive é fundamental para progredir nos negócios.

Quer mais dicas sobre bem-estar animal? Acesse todos os temas relacionados ao assunto e promova esse conceito entre seus conhecidos: bem-estar animal/boisaúde.

 

 

 

topo
Bitnami