Abate de bovinos sobe 1,6% no 1º trimestre ante mesmo período de 2018, diz IBGE

O país registrou um abate de 7,89 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária no primeiro trimestre de 2019, segundo as Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais divulgada nesta quinta-feira (13/6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi 1,6% superior ao obtido no primeiro trimestre de 2018. Em relação ao quarto trimestre de 2018, porém, houve redução de 3,6%.

 

Abate de bovinos sobe 1,6% no 1º trimestre ante mesmo período de 2018, diz IBGE
Abate de bovinos sobe 1,6% no 1º trimestre ante mesmo período de 2018, diz IBGE. – Foto: Origem Premium

Em números absolutos, foram abatidas 121,06 mil cabeças de bovinos a mais no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano anterior, refletindo aumentos em 14 das 27 Unidades da Federação. Os destaques foram Mato Grosso (+144,40 mil cabeças), Tocantins (+35,59 mil cabeças), Rondônia (+27,87 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+25,59 mil cabeças), Paraná (+11,60 mil cabeças) e Santa Catarina (+3,90 mil cabeças).

As quedas mais intensas ocorreram no Pará (-36,93 mil cabeças), Minas Gerais (-25,53 mil cabeças), Goiás (-23,29 mil cabeças), Rio Grande do Sul (-14,51 mil cabeças), São Paulo (-11,23 mil cabeças), Acre (-9,56 mil cabeças), Maranhão (-9,46 mil cabeças) e Bahia (-9,27 mil cabeças).

Mato Grosso manteve a liderança no abate de bovinos, com 17,1% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (11,3%) e São Paulo (9,8%).

 

Data de Publicação: 14/06/2019

Fonte: Conteúdo Estadão

 
Boi Saúde Logo Preto - Abate de bovinos sobe 1,6% no 1º trimestre ante mesmo período de 2018, diz IBGE

Boi 777:
Receba grátis o e-book para alcançar o Boi777!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami